SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

20 dezembro 2015

Mousse de After Eight






Ingredientes:
400 gr. de After Eight (2 caixas)
8 ovos
1 tablete chocolate culinária 200 gr
100 gr. açúcar
80 gr. manteiga (usei Becel Culinária)

Preparação:
Bater o açúcar com as gemas até obter um creme esbranquiçado. Partir o chocolate aos bocados e levar ao micro ondas com a manteiga cerca de 3 minutos. Retirar e misturar os chocolates After Eight partidos ao meio e misturar energicamente para que eles se derretam e fique tudo bem misturado. Juntar este preparado aos ovos com açúcar e envolver tudo muito bem. No fim bater as claras em castelo e envolver na mousse. Levar ao frigorifico até à hora de servir.

07 dezembro 2015

Cous cous





O Couscous é o termo genérico que designa tanto o grão de trigo duro quanto o prato tradicional dos países do Maghreb (Marrocos, Argelia e Tunisia), a base de legumes, carnes e até peixe. O grão de couscous conquistou hoje as mesas do mundo afora graças a seu aspecto unico, sua harmonia com os alimentos os mais diversos e suas qualidades nutritivas.
É tradicionalmente usado nas cozinhas da África do Norte e do Oriente Médio. Na Tunísia é considerada um dos itens mais importantes da cozinha, sendo servida sempre no inicio de cada refeição acompanhando pães e azeitonas. Além do uso em pratos tradicionais pode ser utilizado como condimento ou ingrediente na preparação de massas, sanduíches e sopas.
Eu desde que descobri o couscous utilizo normalmente como acompanhamento apesar de já ter feito como "salada" usando restos tipo milho, carne desfiada, ervilhas, anchovas, etc....
A marca que uso habitualmente é esta e encontra-se nos hipermercados.
Faz-se da seguinte forma (eu faço esta medida para os dois mas sobre sempre um bocado que dá para mais uma pessoa).
Pôr 2,5 dl de água ao lume temperada com sal e cerca de 1 colher de café de oleo por pessoa (eu ponho a olho).
Entretanto pesar 250 gr de couscous.
Quando a agua estiver a ferver, desligar o lume, deitar os couscous e deixar descansar cerca de 5 minutos. Depois por duas nozes de manteiga e ligar de novo o lume e mexer sempre não deixando agarrar ao fundo do tacho até secar bem a manteiga e ficar soltinho.
É uma boa alternativa para variar acompanhamentos, tem um sabor que faz lembrar o arroz de manteiga.

04 dezembro 2015

Risotto de frango e cogumelos





Esta receita é optima para aproveitar restos porque podem alterar-se os ingredientes, usando sobras que haja em casa... para mim o único senão é que não se pode sair do fogão durante todo o tempo. E deve fazer-se mais ou menos à conta porque não é comida que se guarde para o outro dia.
O que nao pode mesmo ser alterado é o arroz. Tem que ser arroz proprio para Risotto (de preferência arroz arbóreo), vende-se em qualquer hipermercado. Repito, o arroz não pode mesmo ser alterado sob pena da comida ficar qq coisa parecida com uma nojeira. Esta receita que aqui ponho tal como a foto foram do jantar que fiz ontem.
Ingredientes:
(para dois)

1 lata de cogumelos laminados
2 colheres de sopa de Becel culinária (ou margarina)
50 gr. de bacon aos cubinhos
pimenta de moinho
2 dl de vinho branco
1 cubo de caldo de galinha
1 peito de frango ja cozinhado (assado)
0,75 de agua
200 gr. de arroz arbóreo
queijo emmental (daquele usado para as pizzas)

Preparação:
Levar ao lume num tacho a becel, o bacon, o frango todo desfiado e os cogumelos. Deixar saltear em lume médio durante cerca de 3 minutos. Temperar depois com pimenta moida na hora e vinho branco (atenção que não pus sal, o bacon, o vinho branco e o frango já cozinhado é mais do que suficiente) e deixar cozinhas mas uns 5 minutos.
Entretanto noutro recipiente por a agua a ferver junto com o cubo de galinha.
Juntar o arroz ao frango e cogumelos e mexer até o arroz absorver todo o liquido. Depois durante 20 minutos vai-se mexendo SEMPRE enquanto se vai juntando a agua aos poucos, de cada vez que se junta uma porção de agua espera-se que o arroz a absorva totalmente. Quando acabarem os 20 minutos o arroz deve ter absorvido a agua mas ter ficado cremoso.
Desliga-se o lume, polvilha-se com uma porção de queijo, envolve-se todo o preparado muito bem, tapa-se o tacho e espera-se 2 ou 3 minutos findos os quais se deve servir e comer de imediato.

29 outubro 2015

Pudim de Lagosta Fingida







Mais uma receita que costumo fazer mas que não tenho foto actual... quando tiver substituo...


Ingredientes:


500 gr de pescada
4 colheres de sopa de ketchup
4 ovos
1 iogurte natural
3 colheres de sopa de maionese
sal e pimenta

Preparação:
Coza a pescada em água temperada com sal. Escorra e limpe-a de peles e espinhas. Coza os ovos em água temperada com sal durante cerca de 8 minutos. Descasque os ovos, retire 3 ou 4 rodelas para enfeitar e esmague o restante juntamente com o ketchup e a pescada.

Deite essa massa numa forma pequena de bolo inglês, previamente untada. Leve a cozer em forno médio. Desenforme depois de frio. Entretanto, misture o iogurte natural com a maionese e tempere com sal e pimenta. Cubra o pudim com este molho e enfeite com as rodelas de ovo cozido.

25 outubro 2015

Lombinhos de porco na varoma

Ingredientes:

120 gr. Becel culinaria (ou outra)
2 colheres de sopa de mostarda
sal q.b.
sumo de 2 limoes
1 lombinho de porco
800 gr. de agua

Preparação:

No copo colocar a manteiga, a mostarda, o sal e o sumo de limão e misturar 10 seg. / vel. 5. Barrar o lombinho com essa mistura


embrulhar em papel vegetal e colocar na Varoma.


Colocar no copo a agua, instalar a Varoma e programar 30 min / varoma / vel. 1. Quando terminar, abrir o papel vegetal com muito cuidado, porque o molho é o que se vai aproveitar para temperar a carne na mesa. Neste caso servi com cuscuz com bacon salteado.


19 setembro 2015

Bolo de cacau na Bimby


                                    

Ingredientes:

6 ovos
250 gr de açucar
100 gr de cacau
300 gr de farinha
100 gr de oleo
100 gr de agua
2 colheres de chá de fermento


Preparação:

Colocar a borboleta,  e por os ovos inteiros, o açúcar, o oleo e o cacau. Programar 10 min, 37 graus, veloc. 3. Ao fim de 5 parar, abrir e com a espatula fazer descer tudo o que estiver nas paredes do copo.

Entretanto untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Pô-la na varoma, mas com uns palitos entre as duas coisas para deixar correr o vapor.

                                     

Juntar a farinha e o fermento e bater 30 seg. , veloc. 3. Abrir o copo e se ainda houver residuos de farinha faze-los descer com a espatula e bater mais 15 ou 20 seg.

Deitar o conteúdo do copo na forma, e a forma na varoma. Dificilmente temos uma forma que dê para por na Varoma e conseguir fechá-la com a própria tampa. A solução é fazer como eu fiz, tapá-la bem com folhas de aluminio, usei duas em quadro, e fiz uns furos para sair o vapor.

 Lavar o copo e enche-lo com 1500 gr de agua. Programar 50 min., temper. Varoma, veloc. 1.


06 setembro 2015

Chambão de cebolada



Chambão é uma carne que hoje em dia praticamente não se ouve falar, mas era uma carne que só a minha avó fazia como ninguém. E de vez em quando dá-me saudades. E arranjei uma receita que não sendo igual, me faz lembrar bastante a receita dela.

Ingredientes:

Chambão cortado em cubos
2 cebolas
alho picado
azeite
vinho branco
polpa de tomate
sal e pimenta
louro

Preparação:

Por o azeite no fundo do tacho. De seguida a carne e a cebola por cima cortada em rodelas, e depois todos os outros temperos.


Vai a lume brando cerca de 40 minutos. Agita-se o tacho de vez em quando e quando o molho estiver espesso, está pronto. É otimo com batata frita aos quartos.

29 agosto 2015

Aletria


Ingredientes:

6 dl de água
180 gr. De aletria
1 lt de leite
160 gr. De açúcar
1 pau de canela
3 cascas de limão
1 pitada de sal
1 pacote de leite creme

Preparação:

Coloca-se ao lume um tacho com a água, o sal, o limão e o pau de canela até ferver. Coloca-se a aletria partida, mexendo de vez em quando até cozer.
Numa taça coloca-se o leite creme e desfaz-se numa pequena porção do leite.
Junta-se o açúcar e o restante leite à aletria e vai-se mexendo até apurar. Por último junta-se o leite creme, deixa-se ferver e apaga-se. Tira-se o limão e o pau de canela e deita-se numa travessa para arrefecer antes de se pôr no frigorífico. Enfeitar ou não com canela é opcional, nós em casa não gostamos.




14 agosto 2015

Rabo de boi estufado


O nosso almoço de hoje. Há quem torça o nariz com o nome, mas primeiro é preciso provar... Está na onda de quem gosta de pezinhos de coentrada, mão de vaca e outras iguarias bem portuguesas...

Ingredientes

Um Rabo de boi
Cebola -1 grande
Alho – 3 dentes
1 alho francês
1 cenoura
1 Tomate
Concentrado de tomate
Louro
Sal e Pimenta – q. b.
Azeite – q. b.
Margarina – 1 colher de sopa
Vinho branco – 1 copo


Preparação

Num tacho coloca-se a cebola picada, os dentes de alho cortados, o alho francês, a cenoura, os tomates sem peles nem pevides, o concentrado de tomate, a folha de louro, as gorduras e deixa-se refogar.


 Junta-se-lhe o rabo de boi previamente lavado, envolve-se no refogado e quando voltar a levantar fervura junta-se o vinho branco e deixa-se estufar em lume brando (como alternativa pode-se estufar na panela de pressão que leva menos tempo). Durante este tempo vai-se virando a carne várias vezes e verifica-se o molho; se necessário adiciona-se mais um pouco de vinho branco e água. 


Depois de pronto rectificam-se os temperos, retira-se e corta-se aos pedaços que se dispõem numa travessa com o molho por cima. Acompanha com puré de batata e couve-flor gratinada. Hoje acompanhei com legumes cozidos.

07 agosto 2015

Pudim de ovos e leite condensado

Esta receita foi tirada dum dos blogs que visito mas sinceramente não me lembro de quem, se a autora passar aqui por favor acuse-se para eu poder dar-lhe os créditos devidos.
Ingredientes:
1 1ata de leite condensado
A lata de leite condensado cheia de leite
3 Ovos
açucar para o caramelo (comprei já feito)
umas gotinhas de essencia de baunilha(acrescentei eu)

Confecção:

Preparar o caramelo, caso não o compre já feito. Espalhar o caramelo no fundo e nos lados de uma forma de pudim (usei uma forma de bolo inglês).
Misturar bem os restantes ingredientes. Despejar o preparado na forma caramelizada, tapar e levar ao forno (180º) em banho-maria, cerca de 45 minutos. Deixar esfriar e por no frigorifico umas horas. Desenformar apenas na hora de ir para a mesa.

18 julho 2015

Carne de porco a portuguesa


Não é nenhuma novidade, toda a gente já fez carne de porco à Alentejana. Mas nem sempre é altura boa para comprar ameijoa, ou por vezes temos todos os ingredientes menos a ameijoa, e então sai a Carne de Porco a Portuguesa.

Ingredientes:

500 gr. de carne de porco cortada em cubos
massa de alho
massa de pimentão
sal e pimenta
louro
vinho branco
azeite
pickles
azeitonas pretas
coentros picados

Preparação:

Tempero a carne com massa de alho e pimentão, que nunca faltam cá em casa. Sabores muito portugueses quer saem quando a ideia é cozinhar pratos muito portugueses.Ponho tambem cerca de um copo de vinho branco. Entretanto podem-se ir fritando as batatas, cortadas em cubos.


Num tacho ponho o azeite (forro o tacho), a folha de louro e pimenta, deixo alourar. Depois junto a carne e deixo fritar. Quando está frita (sem queimar) junto a marinada da carne e deixo acabar de cozinhar.
Quando considero que esta pronta, junto os pickles, envolvo bem e está pronto a servir.

Já no prato, ponho as azeitonas (que neste dia não havia :) ) e polvilho com os coentros frescos.


10 julho 2015

Tarte de Pastel de Nata





Ingredientes:
Massa:
150 gr. de farinha
60 gr. de açúcar
60 gr. de manteiga
1 gema
Misturar os ingredientes todos amassando bem, e juntar umas gotas de água se for preciso. Estender a masa com um rolo e forrar uma tarteira.
Creme:
6 colheres de sopa bem cheias de açúcar
1 colher e meia bem cheia de farinha maizena
4 gemas
500 ml de leite com umas gotas de baunilha
Juntar o açúcar com as gemas e mexer bem. Juntar a farinha maizena e mexer. Por fim o leite frio com as gotas de baunilha e levar ao lume num tacho mexendo sempre com uma colher de pau até o creme engrossar. Retirar e verter o preparado sobre a massa. Levar ao forno nos 180 graus por cerca de 40 minutos ou até ficar da cor dos pastéis de nata.
Deixar arrefecer antes de desenformar.
Nota: Ao fazer esta tarte, guardar as 5 claras que junto com mais duas vão servir para fazer um bolo da nossa Colher de Pau que eu fiz e que vou pôr brevemente a receita (podem congelar-se as claras).

24 junho 2015

Seitan au poivre

Quem tem como eu duas enteadas vegetarianas, tem que se dedicar um pouco a este tipo de cozinha. Confesso que não me dedico demasiado, vou normalmente por uns tabuleiros de bacalhau que se tornam mais fáceis, mas as vezes la experimento novas coisas. Desta vez foi um prato que gostamos muito cá em casa, mas substituímos os bifes por Seitan.









O Seitan para quem nao sabe, é um alimento derivado de uma proteína de trigo chamada glúten.

É preparado a partir da farinha de trigo. Normalmente vende-se em rolo e tem um aspecto fibroso e corta-se bem em fatias.

Encontra-se à venda em lojas de produtos naturais. Geralmente o seu período de validade é de 2/3 semanas, mas pode congelar-se.




Ingredientes:

Bifes de seitan, cortados às fatias
Pimenta preta, verde e vermelha em bagas
Becel culinaria
1 pacote de natas de Soja
Sal marinho

Preparação:

Temperar os bifes com o sal e a pimenta moídos, fritar na manteiga dos dois lados.


De seguida juntar as natas e deixar cozinhar até que as natas e a manteiga fiquem homogeneamente ligadas.


15 junho 2015

Pão de Ló à minha moda


Há variadissima receitas de pão-de-ló e o meu marido é um grande apreciador. Depois de experimentar várias esta foi a eleita por ele, fica aqui a receitinha para quem quiser experimentar, fiz este Domingo.

Ingredientes:
250 gr. de açúcar
6 ovos
75 gr. de fécula de batata
1 colher de chá de fermento
manteiga e farinha para untar a forma

Preparação:

Separam-se as gemas das claras. Batem-se as gemas com o açúcar até obter uma gemada cremosa e esbranquiçada.
Adicione gradualmente as claras em castelo. Junta-se depois a farinha ja previamente misturada com o fermento.
Mistura-se delicadamente e coloca-se numa forma de abertura ao meio, bem untada com a manteiga e polvilhada com a farinha. Cozer em forno médio (150 graus é o que eu uso) depois de ter pré-aquecido o forno.

28 maio 2015

Risotto de Polvo na Bimby



Para começar, esqueci-me da salsa.... mas pronto, como também sou um bocado da opinião que a salsa é como o melhoral, não faz bem nem faz mal... paciência !!!!
Esta receita é da Revista de Dezembro de 2012.

Ingredientes:

15 gr salsa
90 gr queijo parmesão (pus 50 gr)
1 kg polvo descongelado cortado em pedaços
1 cebola pequena com casca cortada ao meio
(eu não pus a casca)
150 gr. vinho do Porto
100 gr. agua mais agua que baste para cozer
(achei isto mt confuso, alias nem percebi o que queria dizer, nem a que se referia)
30 gr de manteiga
4 dentes de alho
20 gr azeite
50 gr chalota
300 gr arroz para Risotto
1 colher chá de sal

Preparação:

Coloque no copo a salsa e pique 2 seg. vel. 7. Retire e reserve.

Coloque no copo o queijo e rale 10 seg. vel. 9. Retire e reserve.

No copo limpo, coloque o polvo, a cebola, 50 gr. de vinho do Porto e a água (foi aqui que eu não percebi se eram os 100 gr. ou a quantidade suficiente para cozer, mas como achei 100 gr. pouco, pus 400 gr. e correu bem) e coza 35 min /Varoma / vel. 1. Retire e reserve o polvo e a agua da cozedura.


No copo limpo coloque a manteiga e o alho e pique 5 seg. vel. 5. Baixe com a ajuda da espatula o que ficou na parede do copo e refogue 5 min / Varoma / Vel. 1. Retire e reserve.

Coloque no copo o azeite e a chalota, pique 5 seg., vel. 5 e refogue 5 min / Varoma / vel. 1.

Adicione 100 gr. de vinho do Porto, o arroz e o sal. Passe o caldo da cozedura para o copo pesando, e adicione agua até perfazer 700 gr. e coza 8 min. / 100 graus / pas invertidas / vel. colher de pau.

Retire a tampa, envolva com a espatula para soltar o arroz do fundo do copo e coza mais 8 min. / 100 graus / pas invertidas / vel. colher de pau.

Adicione o queijo reservado, o polvo cortado em pedaços, e a manteiga com alho. Envolva com a espatula e deixe repousar dentro do copo durante 2 minutos. Silva polvilhado com a salsa picada.

15 maio 2015

Queijadinhas do meu pai


Estas queijadinhas eram uma especialidade do meu pai (não sei de onde tirou ele a receita).... mas claro que como se pode ver não é o meu caso, lolol

Não sei porque é que não me sairam grande coisa, mas vou voltar a fazer, pode ser que saiam melhor, a ele saiam na perfeição e no outro dia a procura duns papéis dele (ele já faleceu há 10 anos) encontrei a folha com esta receita. Depois de superada a saudade, veio a vontade de experimentar. Saiu isto...

Ingredientes:

300 gr. de açúcar
100 gr. de farinha
1 pudim chinês El Mandarim (o pó)
0,5 lt de leite

Preparação:

Batem-se/misturam-se bem todos os ingredientes. Coloca-se o preparado em forminhas untadas de margarina e farinha (eu tenho uma placa inteiriça que leva logo 12) e enche-se até um dedo de distância do bordo. Vai ao lume a 180 graus durante cerca de meia hora.

03 maio 2015

Batido de fruta na Bimby


E pensa o pessoal que me segue já faz algum tempo, mas agora é Bimby com tudo?????? É.... lol....

Estava a arrumar a cozinha depois de almoço e comecei a ver alguma fruta já "tocada".... então saiu assim....

1 banana
3 peros
3 peras
(deu aproxim. 400 gr.)

tudo descascado para dentro do copo, depois juntei 500 gr. de leite, cerca de 100 gr de cubos de gelo e 100 gr. de açúcar.

30 seg. à velocidade 9 e saiu um belo batido de restos.... :)

02 março 2015

Bacalhau a Braz na Bimby


Já deu para perceber que sou fãnzassa da Bimby.... desde que a comprei raramente uso o fogão, todas as semanas faço qualquer coisa na Bimby... e hoje fiz este prato. Como cheguei a casa muito tarde, eram 3 horas, esqueci-me de tirar as fotos do costume do passo a passo, então para tirar uma foto para ilustrar a receita, restou-me usar os restos, pô-los num prato com o melhor aspeto possível, ehehehe e fotografar. Mas garanto que ficou uma verdadeira delicia. Demorou 20 minutos desde que liguei a "bichinha" até nos sentarmos a mesa.

A receita é a do livro de Receitas Essenciais.

Ingredientes:

100 gr de azeite (usei 80 gr)
4oo gr. de cebola
2 dentes de alho
300 gr. de bacalhau demolhado e desfiado (usei 500 gr.)
200 gr. de batata palha (usei 350 gr)
6 ovos
sal e pimenta
salsa picada
100 gr. azeitonas pretas (foi a olho)

Preparação:

Coloque no copo o azeite, a cebola, os alhos e programe 5 seg. / vel. 5. De seguida refogue 5min. / Varoma / vel. 1.

Adicione o bacalhau e programa mais 5 min / 100º / colher invertida / vel. colher de pau.

Junte a batata palha e programe 3 min. / 100º / colher invertida / vel. 2

Coloque num frigideira e leve ao lume.

Sem lavar o copo deite os ovos e bata 10 seg. / vel. 2 (aqui eu juntei logo o sal, a pimenta e a salsa)

Deitar o preparado por cima do bacalhau, misturar tudo muito bem durante alguns minutos. Servir decorado com as azeitonas.

17 fevereiro 2015

Empanada de Espinafres, Farinheira e Requeijão

Empanada de Espinafres, farinheira e requeijão. Muito fácil de fazer, o resultado, é garantido.

Ingredientes:

2 embalagens de massa folhada
1 embalagem de espinafres em folha
1 farinheira
1 requeijão médio
1 ovo


Preparação:

Numa frigideira saltear em azeite e alho os espinafres. Temperar de sal (pouco) e pimenta e juntar a farinheira partida em bocados e sem pele.

Depois, já fora do lume, misturar pisando, os espinafres, afarinheira e o requeijão, fazendo um género de uma bola.


Abrir a primeira folha de massa folhada, pica-la toda com um garfo e por-lhe a mistura no centro. Depois, tapar com a segunda folha enrolando os bordos mais ou menos desta forma.

Bater o ovo com um garfo, e depois com um pincel de culinária, pincelar a parte de cima da empanada e os lados.

Vai ao lume cerca de 15 a 20 minutos em forno ventilado.

08 fevereiro 2015

Bolo de laranja




(foto retirada da net)

Ingredientes:
1/2 chávena de açúcar light (eu acho carissimo faço com normal)
1 colher café de casca de laranja
2 chávenas de farinha de trigo
1/2 colher de sopa de fermento
5 colheres de sopa de Becel culinária
3 ovos
1,5 chávenas de sumo de laranja


Preparação:
Massa: Misture com a batedeira as gemas, a Becel e o açúcar (reserve 1 colher de sobremesa de açúcar para a calda) até obter um creme claro e fofo. Acrescente a farinha alternando-a com o sumo de laranja (reserve meia chávena para a calda) e reserve. Bata as claras em castelo, junte-as delicadamente à massa com a ajuda de uma colher. Adicione o fermento e as raspas da laranja.

Coloque a massa numa forma de anel untada com Becel e farinha de trigo e leve-a ao forno pré-aquecido.

Calda: Junte a colher de sobremesa de açúcar magro que reservou, e a meia chávena de sumo de laranja e leve ao lume até ferver. Deixe arrefecer e quando o bolo estiver pronto, retire-o do forno, faça furos com um garfo e regue-o com a calda ainda morna.