SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

18 julho 2015

Carne de porco a portuguesa


Não é nenhuma novidade, toda a gente já fez carne de porco à Alentejana. Mas nem sempre é altura boa para comprar ameijoa, ou por vezes temos todos os ingredientes menos a ameijoa, e então sai a Carne de Porco a Portuguesa.

Ingredientes:

500 gr. de carne de porco cortada em cubos
massa de alho
massa de pimentão
sal e pimenta
louro
vinho branco
azeite
pickles
azeitonas pretas
coentros picados

Preparação:

Tempero a carne com massa de alho e pimentão, que nunca faltam cá em casa. Sabores muito portugueses quer saem quando a ideia é cozinhar pratos muito portugueses.Ponho tambem cerca de um copo de vinho branco. Entretanto podem-se ir fritando as batatas, cortadas em cubos.


Num tacho ponho o azeite (forro o tacho), a folha de louro e pimenta, deixo alourar. Depois junto a carne e deixo fritar. Quando está frita (sem queimar) junto a marinada da carne e deixo acabar de cozinhar.
Quando considero que esta pronta, junto os pickles, envolvo bem e está pronto a servir.

Já no prato, ponho as azeitonas (que neste dia não havia :) ) e polvilho com os coentros frescos.


10 julho 2015

Tarte de Pastel de Nata





Ingredientes:
Massa:
150 gr. de farinha
60 gr. de açúcar
60 gr. de manteiga
1 gema
Misturar os ingredientes todos amassando bem, e juntar umas gotas de água se for preciso. Estender a masa com um rolo e forrar uma tarteira.
Creme:
6 colheres de sopa bem cheias de açúcar
1 colher e meia bem cheia de farinha maizena
4 gemas
500 ml de leite com umas gotas de baunilha
Juntar o açúcar com as gemas e mexer bem. Juntar a farinha maizena e mexer. Por fim o leite frio com as gotas de baunilha e levar ao lume num tacho mexendo sempre com uma colher de pau até o creme engrossar. Retirar e verter o preparado sobre a massa. Levar ao forno nos 180 graus por cerca de 40 minutos ou até ficar da cor dos pastéis de nata.
Deixar arrefecer antes de desenformar.
Nota: Ao fazer esta tarte, guardar as 5 claras que junto com mais duas vão servir para fazer um bolo da nossa Colher de Pau que eu fiz e que vou pôr brevemente a receita (podem congelar-se as claras).