SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

20 dezembro 2015

Mousse de After Eight






Ingredientes:
400 gr. de After Eight (2 caixas)
8 ovos
1 tablete chocolate culinária 200 gr
100 gr. açúcar
80 gr. manteiga (usei Becel Culinária)

Preparação:
Bater o açúcar com as gemas até obter um creme esbranquiçado. Partir o chocolate aos bocados e levar ao micro ondas com a manteiga cerca de 3 minutos. Retirar e misturar os chocolates After Eight partidos ao meio e misturar energicamente para que eles se derretam e fique tudo bem misturado. Juntar este preparado aos ovos com açúcar e envolver tudo muito bem. No fim bater as claras em castelo e envolver na mousse. Levar ao frigorifico até à hora de servir.

07 dezembro 2015

Cous cous





O Couscous é o termo genérico que designa tanto o grão de trigo duro quanto o prato tradicional dos países do Maghreb (Marrocos, Argelia e Tunisia), a base de legumes, carnes e até peixe. O grão de couscous conquistou hoje as mesas do mundo afora graças a seu aspecto unico, sua harmonia com os alimentos os mais diversos e suas qualidades nutritivas.
É tradicionalmente usado nas cozinhas da África do Norte e do Oriente Médio. Na Tunísia é considerada um dos itens mais importantes da cozinha, sendo servida sempre no inicio de cada refeição acompanhando pães e azeitonas. Além do uso em pratos tradicionais pode ser utilizado como condimento ou ingrediente na preparação de massas, sanduíches e sopas.
Eu desde que descobri o couscous utilizo normalmente como acompanhamento apesar de já ter feito como "salada" usando restos tipo milho, carne desfiada, ervilhas, anchovas, etc....
A marca que uso habitualmente é esta e encontra-se nos hipermercados.
Faz-se da seguinte forma (eu faço esta medida para os dois mas sobre sempre um bocado que dá para mais uma pessoa).
Pôr 2,5 dl de água ao lume temperada com sal e cerca de 1 colher de café de oleo por pessoa (eu ponho a olho).
Entretanto pesar 250 gr de couscous.
Quando a agua estiver a ferver, desligar o lume, deitar os couscous e deixar descansar cerca de 5 minutos. Depois por duas nozes de manteiga e ligar de novo o lume e mexer sempre não deixando agarrar ao fundo do tacho até secar bem a manteiga e ficar soltinho.
É uma boa alternativa para variar acompanhamentos, tem um sabor que faz lembrar o arroz de manteiga.

04 dezembro 2015

Risotto de frango e cogumelos





Esta receita é optima para aproveitar restos porque podem alterar-se os ingredientes, usando sobras que haja em casa... para mim o único senão é que não se pode sair do fogão durante todo o tempo. E deve fazer-se mais ou menos à conta porque não é comida que se guarde para o outro dia.
O que nao pode mesmo ser alterado é o arroz. Tem que ser arroz proprio para Risotto (de preferência arroz arbóreo), vende-se em qualquer hipermercado. Repito, o arroz não pode mesmo ser alterado sob pena da comida ficar qq coisa parecida com uma nojeira. Esta receita que aqui ponho tal como a foto foram do jantar que fiz ontem.
Ingredientes:
(para dois)

1 lata de cogumelos laminados
2 colheres de sopa de Becel culinária (ou margarina)
50 gr. de bacon aos cubinhos
pimenta de moinho
2 dl de vinho branco
1 cubo de caldo de galinha
1 peito de frango ja cozinhado (assado)
0,75 de agua
200 gr. de arroz arbóreo
queijo emmental (daquele usado para as pizzas)

Preparação:
Levar ao lume num tacho a becel, o bacon, o frango todo desfiado e os cogumelos. Deixar saltear em lume médio durante cerca de 3 minutos. Temperar depois com pimenta moida na hora e vinho branco (atenção que não pus sal, o bacon, o vinho branco e o frango já cozinhado é mais do que suficiente) e deixar cozinhas mas uns 5 minutos.
Entretanto noutro recipiente por a agua a ferver junto com o cubo de galinha.
Juntar o arroz ao frango e cogumelos e mexer até o arroz absorver todo o liquido. Depois durante 20 minutos vai-se mexendo SEMPRE enquanto se vai juntando a agua aos poucos, de cada vez que se junta uma porção de agua espera-se que o arroz a absorva totalmente. Quando acabarem os 20 minutos o arroz deve ter absorvido a agua mas ter ficado cremoso.
Desliga-se o lume, polvilha-se com uma porção de queijo, envolve-se todo o preparado muito bem, tapa-se o tacho e espera-se 2 ou 3 minutos findos os quais se deve servir e comer de imediato.