SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

17 julho 2006

Soja com Cogumelos e ervilhas
(Receita da Juanita)


Ingredientes:

Soja granulado fino (a qt que se quiser, mas não se esqueçam de pôr de molho)
Cogumelos em lata
Ervilhas congeladas
Cebola e alho
Azeite
Polpa de tomate
Especiarias

Preparação:

Faz-se um refogado c/ a cebola e alho e um fio de azeite. Junta-se a soja, as ervilhas, a polpa de tomate e as especiarias, deixa-se cozinhar. Quando estiver quase pronto junta-se os cogumelos. E bom apetite!
Quiche de Carne Picada com Cogumelos
(ou qualquer outra coisa)

(Receita da Juanita)


Ingredientes:

Base- 2 canecas de farinha integral
1/2 caneca de água
½ caneca de óleo


Recheio: carne picada c/cenoura (já estufada)
3 ovos
cogumelos em lata
leite magro (+/- 1 caneca)


Preparação:

Para a base, junta-se a farinha c/a água e o óleo e bate-se c/ a batedeira. Depois forra-se uma tarteira.
Para o recheio, bate-se os ovos, junta-se o leite, e por fim a carne picada ( ou fiambre, queijo, milho, salsichas, o que se quiser). Coloca-se por cima da base e vai ao forno + - 25 min (depende do forno). E bom apetite!

12 julho 2006

Carne assada com molho de iogurte



Avaliação Nutricional por Porção = 235 cal

1 kg de carne de vitela para assar
1 linguiça
2 iogurtes naturais
6 dentes de alho
sal e pimenta
1 laranja
1 kiwi

Limpe a carne de peles e gorduras. Faça 2 furos com a ajuda do cabo de uma colher de pau a todo o comprimento da carne e introduza ai a linguiça, a que previamente retirou a pele. Tempere a carne com sal e pimenta e embrulhe-a numa folha de papel de alumínio. Coloque a carne num pyrex e leve a assar em forno quente durante 45 minutos. Entretanto, esmague os dentes de alho e misture-os com os iogurtes naturais. Tempere com sal e pimenta. Depois de assada, corte a carne em fatias e coloque-a na travessa alternadamente com rodelas de laranja e kiwi. Sirva a carne com o molho de iogurte.

Quiche





Receita com Soja

150 gr. de granulado de soja fina
3 dl de água
1 base de massa quebrada
2 cebolas
50 ml de azeite
4 ovos
3 dl de leite
sal, pimenta e tomilho



Coloque o granulado de soja de molho na água durante cerca de 1/2 hora. Forre uma tarteira com a massa quebrada e pique-a toda com um garfo (sim... o papel vegetal também vai ao forno, lolol). Apare as extremidades do papel e reserve. Ligue o forno a 200 graus.
Descasque a cebola, pique e refogue no azeite. Junte a sopa, bem escorrida e envolva bem. Transfira o preparado para um recipiente, adicione os ovos batidos e o leite. Tempere com sal, pimenta e tomilho. Envolva bem. Verta o preparado na tarteira e leve a meio do forno, cerca de 40 minutos. Retire e sirva quente ou frio.

Espetadas de Frango com Cogumelos




Avaliação Nutricional por Porção = 170 cal


400 gr. de peito de frango
300 gr. de cogumelos pequenos
3 ramos de salsa
1 dente de alho
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de sumo de limão
sal e pimenta






Pique a salsa e junte ao azeite (reserve uma colher de salsa). Adicione o sumo de limão, uma pitada de sal e pimenta e o dente de alho sem pele e picado. Misture bem.
Corte o peito de frango em cubos e coloque-os numa tigela com a marinada. Mexa e reserve durante 10 minutos.
Limpe os cogumelos, retire-lhes a parte que esteve em contacto com a terra, lave-os e seque-os. Coloque-os em espetos de madeira, alternando com os pedaços de frango, escorridos.
Coloque todas as espetadas numa frigideira grande e junte a marinada, previamente passada. Coza em lume médio durante 10 minutos, virando as espetadas, e se necessário, regando com um pouco de água para que não fiquem secas. Polvilhe com salsa picada e sirva.
Pescadinha Marinada
(Receita da Paty)


Ingredientes para 2 pessoas:

400 gr de lombinhos de pescada sem peles e espinhas
(ou outro peixe qualquer)
sumo de limão
sal
pimenta
azeite
alho picado
salsa picada
1 embalagem de quejo ralado

Preparação:

Num tacho junta-se o sumo de limão, o sal, a pimenta e água (para cozer o peixe). Quando a água estiver a ferver juntar o peixe e deixar cozer até ficar riginho.
Escorre-se o peixe e põe-se num pirex.
Numa figideira junta-se o azeite, o alho e a salsa a alourar. Depois deita-se por cima do peixe e polvilha-se com o queijo ralado. Vai ao forno para gratinar queijo.
Se quiserem podem juntar batatas cozidas (para os maridos) :o) e servir com salada.

É uma receita diferente de peixe e na revista de onde tirei, indica que é uma receita light apesar do queijo. Mas se usarmos queijo magro ainda fica mais light né??

07 julho 2006

Lulas com tomate




Avaliação Nutricional por Porção = 196 cal

500 gr. lulas pequenas ou chocos
18 gambas medias cozidas
(ou camarões)
piri piri
1 ramo de salsa
2 tomates maduros
2 colheres sopa azeite
sal e pimenta


Lave os tomates, corte-os e deixe-os escorrer num passador. Entretanto aqueça o azeite numa frigideira e junte as lulas ou chocos bem limpos. Deixe-os alouurar em lume médio, juntamente com a salsa e o piri piri.
Quando estiverem ligeiramente dourados, retire-os da frigideira e mantenha-os quentes.
Junte o tomate ao molho que ficou na frigideira e coza tudo junto durante 20 minutos, em lume brando. Junte novamente as lulas e adicione as gambas. Mexa e coza durante mais 10 minutos. Sirva quente.

Salada de queijo fresco




1 alface
2 endívias
2 tomates
2 ovos cozidos
1 pepino
250 gr. de queijo fresco

Para o molho vinagrete:
1 limão
6 colheres de azeite
1 colher de mostarda
sal e pimenta


Lave a alface e as endívias, depois escorra-as e corte em juliana. Corte os tomates em pedacinhos, os pepinos em rodelas e o queijo também em pedacinhos.
Misture todos os ingredientes numa saladeira.
Bata todos os ingredientes do molho com uma vara de arames e regue com ele a salada. Decore por cima com as rodelas de ovo cozido.

06 julho 2006

Tortilha com queijo e cebola




Receita com Soja

500 gr. de batata

1 cebola pequena

2 dentes de alho

30 ml de azeite

6 ovos

100 gr. queijo creme de soja de cebola - Tofutti

1 dl leite

sal e pimenta

Descasque as batatas, corte-as em pedaço e coza-as em água abundante temperada com sal e pimenta. Escorra-as e reserve.

De seguida descasque a cebola e os alhos, pique-os e refogue ambos no azeite. Envolva as batatas, deixe cozinhar em lume brando e tempere com sal e pimenta.

À parte, bata os ovos com o "queijo de soja" e o leite e verta sobre o preparado de batata. Deixe cozinhar muito lentamente, mexendo para não queimar.

Quando começar a solidificar, vire a tortilha com a ajuda de um prato. Por fim volte a colocar na frigideira para corar por completo. Retire e sirva com salada.



15 formas de contornar os problemas sem passar pelo frigorífico



Vi este artigo numa revista, e mesmo achando que não é novidade para ninguém o que aqui diz, decidi transcrevê-lo...

Em vez de fechar o frigorífico a cadeado e esconder a chave num local secreto ou desesperar porque se abusou, comece por mudar aquilo que lhe vai na cabeça...

1 - Coma mesmo sem sentir fome, de preferência a horas certas. O ideal é comer antes da fome chegar, de forma a conseguir seleccionar o que vai ingerir. Quando temos fome, perdemos a capacidade de optar pelo melhor e preferimos o mais apetecível. Por outro lado, existe a tendência para comer mais e fazê-lo com mais voracidade.

2 - Encha o frigorífico ou a despensa com alimentos saudáveis: iogurtes de baixo valor calórico, cereais, fruta, legumes e vegetais. Assim, mesmo que caia na tentação, o que lá encontra são alimentos equilibrados.

3 - Se sente que está a iniciar um processo de descontrole alimentar (compulsão), tente ingerir alimentos que encham. Isto é, hidratos de carbono de absorção lenta, que promovem saciedade durante mais tempo, tais como cereais ou pão, de preferência integrais. Mesmo numa dieta de emagrecimento, o pão não deve ser excluido, porque nos tira a fome e acaba por ter pouco valor calórico. Um pão tem apenas 120 kcal, enquanto um croissant pode ir até às 400 kcal. Mais vale uma fatia de pão do que passar a tarde a mordiscar bolachas de água e sal (quatro balachas equivalem a um pão).

4 - Coma devagar, saboreando bem cada um dos alimentos. Desta forma, come menos e sente-se mais saciada.

5 - Beba bastantes liquidos ao longo do dia, dando preferência à agua. Devemos beber 1,5 lt a 2 lt de água diariamente, isto, claro, dependendo das necessidades profissionais (existem profissões que exigem um maior esforço, logo há mais necessidade de reposição de água), da prática ou não se exercicio fisico e do clima. Evite o consumo de refrigerantes porque têm bastantes calorias "escondidas" através do consumo de açúcares rápidos, isto é, não saciam e engordam. Em vez de beber um suno de fruta, mais vale comer uma peça inteira - que sacia porque tem mais fibras.

6 - Faça refeições equilibradas, com sopa e prato principais. A sensação de "comer de faca e garfo" tem um efeito psicológico fundamental, reduzindo os ataques de apetite. Ao comer apenas qualquer coisa (dois salgados e uma salada de fruta por exemplo) a pessoa não tem a sensação que comeu. Primeiro porque o faz de uma forma muito rápida e, segundo porque o estômago não tem tempo de enviar ao cerébro a mensagem de que está satisfeito. Menos volume não significa menos calorias: o facto de comer um salgado (200/300 kcal ou um folhado que pode chegar às 400 kcal) não implica que esteja a ingerir menos calorias. Mais vale fazer uma refeição completa e equilibrada, que fornece os nutrientes essenciais, promove a saciedade e nos dá a noção de que comemos.

7 - Saiba quais as causas da sua ansiedade e se for preciso informe-se junto de um especialista acerca de como contornar a situação. São muitas as pessoas que encontram na comida uma forma de colmatar diversas carências emocionais. Se tem a noção de que quando está mais nervosa ou ansiosa abre o frigorifico mais vezes do que seria normal, então o melhor é cortar o mal pela raiz e ir à origem do problema.

8 - Não vá às compras com fome, pois a tendência é para comprar mais "porcarias" e deixar de lado aquilo que realmente interessa. Se for preciso coma qualquer coisa antes e depois então ponha o pé no supermercado. Faça uma lista prévia. Se comprar com consciência é natural que adquira alimentos mais saudáveis e recomendáveis.

9 - Mime-se, fazendo um disparate programado de vez em quando, que não desiquilibra a dieta e tem um efeito reconfortante. Assim não fica com a sensação de que estragou tudo e de que não vale a pena continuar. Planear o disparate de antemão também possibilita controlar o que vai comer.

10 - Aprenda a minimizar os problemas e pondere se vale mesmo a pena perder a cabeça e comer algo hipercalórico, só porque teve um furo no carro, ou rasgou as suas calças preferidas, ou a Selecção perdeu o Mundial (esta fui eu que pus, ehehehe). Quer mesmo perder a cabeça? Se aprender a gerir as suas emoções, tudo passa a ser mais fácil, e o que outrora era um bicho de sete cabeças, passa a ser apenas um acontecimento menos agradável.

11 - Coma proporcionalmente ao gasto calórico diário. Temos tendência para comer muito mais do que precisamos. Se comermos demais e não gastarmos essa energia, o que é que acontece? Acumulamos gordura. Desta forma, os alimentos hipercalóricos associados a uma vida sedentária formal o cocktail ideal para "a engorda".

12 - Não fique muitas horas sem comer, faça-o de três em três horas. Uma peça de fruta, um iogurte ou uma fatia de pão são o suficiente. Assim, evita os verdadeiros ataques de fome.

13 - Não coma enquanto vê televisão. Cada coisa a seu tempo. Imagine-se com o seu chocolate favorito enquanto vê a sua série preferida. O mais provável é que o devore sem sequer dar por isso. Comer ao mesmo tempo que se assimilam ideias é o ideal para perder o controle do que está a fazer.

14 - Beba água sempre que lhe apetecer pestiscar. Muitas vezes a sede confunde-se com a fome e a água ajuda a enganar a sensação de fome ou a vontade de comer.

15 - Rodeie-se de pessoas optimistas, sinceras, verdadeiras, com bom carácter, com sentido de humor, justas, simpáticas... e afasta-se daquelas que directa ou indirectamente prejudicam o seu bem estar.

04 julho 2006



Gelatina light com duas cores

(Receita da Juliet)

1 caixa de gelatina light de qualquer sabor
1 pacote de natas light (à temperatura ambiente)

Fazer a gelatina tal como diz na caixa (fazer os dois pacotes que dão 1 litro de gelatina).
Deixar arrefecer uns minutos. Depois juntar o pacote das natas e mexer bem, sem bater.
Deitar na forma.
Vai ao frigorifico até ficar sólido.
Desenformar.

O que acontece é que a gelatina é mais pesada e vai para o fundo, assim fica uma risca de natas bem docinha da cor da gelatina, sem sequer levar açúcar! Fica bonito e bom!




Tarte de Queijo e Fiambre mas sem a massa areada

(Receita da Juliet)

2 ovos + 2 claras
queijo flamengo (light, já agora)
fiambre de peru ou frango
sal
pimenta
1 copo de leite (também podem ser natas, mas eu uso sempre leite magro em vez delas)
1 ou 2 folhas de gelatina incolor


Pôr a gelatina de molho em água. Bater com a varinha mágica (se for com a batedeira dos bolos salpica tudo!) todos os ingredientes menos o queijo, o fiambre e a gelatina. Escorrer a gelatina e derrete-la num pouquinho do leite aquecido. Juntar ao molho e bater de novo. Depois num recipiente de ir ao forno untado com azeite, deitar o creme e juntar o resto das coisas.
30 minutos no forno e fica 5 estrelas!
(é melhor deixar arrefecer um pouquinho antes de servir)


P.S.: Esta semana ainda vou experimentar fazer com atum em vez do fiambre. E acho que também deve ficar boa com franguinho desfiado.



Tarte de Ratatouille

(Receita da Sorekara)

Tirei do frigorifico uma embalagem de massa quebrada (já feita, da marca continente) para ficar à emperatura ambiente. Coloca-se numa panela larga, azeite (+- 4 colheres de sopa), cebola às rodelas finas (2 cebolas) e 3 dentes de alho picado e deixa-se refogar um pouco. Junta-se dois tomates maduros, sem pele, cortados aos bocadinhos. Tempera-se com sal e pimenta. Junta-se rebentos de soja, cenoura aos bocadinhos, uma courgete com pele (cortada ao comprido e depois às rodelas fininhas), 3 fatias de presunto aos bocadinhos. Junta-se um pouco de vinho branco e deixa-se cozer. Quando estiver quase cozido, tira-se a tampa para perder água e desliga-se o fogo. Batem-se 5 ovos e misturam-se aos legumes. Rectifica-se de sal e pimenta. Coloca-se a base de massa quebrada numa tarteira e despeja-se o ratatouille misturado com os ovos. Leva-se ao forno a 200º até estar cozido (sólido).