SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

24 junho 2012

Secretos de Porco com arroz frito


Os secretos não têm qualquer tipo de " secretismo " para cozinhar, é uma parte do porco com muita gordura e já por si apetitosa por isso que um bocadinho de alho em pó, uma pitadinha muito pouca de sal e grelhá-los apenas na sua própria gordura. Uma delicia...

Para fazer arroz frito utiliza-se a mesma medida de arroz e de água. 1/1
Faz-se um refogado apenas com azeite, sal e alho, assim que o alho começa a alourar deita-se uma chávena de arroz (ou as que se quiser) e deixa-se fritar. Literalmente... mexendo sempre para não deixar agarrar e até ficar amarelinho.

Entretanto põe-se a mesma medida de água ao lume até ferver, e quando o arroz estiver frito, junta-se a agua, mexe-se bem, baixa-se o lume para o mínimo e tapa-se. Não se mexe mais e vai-se controlando até ver que a água evaporou toda e que o arroz abriu espacinhos. Nessa altura desliga-se o lume e deixa-se ficar o arroz tapado durante uns minutinhos.

Fica pronto a servir. Para mim este arroz tem que ser servido acompanhado com maionaise, que deito por cima do arroz em "fiozinhos" e depois envolvo no arroz, fica super saboroso mas é péssimo para a linha, ehehehe

08 junho 2012

"Empadão" de pêssego





Esta sobremesa foi-nos apresentada pela Juanita no seu aniversário, mas o meu marido como não é grande apreciador de doces, disse que não sabia se queria provar porque parecia um empadão... e ficou o empadão da Juanita....
Delicioso por sinal... e também deve ficar igualmente bom com morangos ou com ananás...

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 pacotes de natas batidas
1 pacote de bolacha maria
1 gelatina de pessego
1 lata de pessegos

Preparação:
Faz-se a gelatina com 125 ml de água e deixa-se arrefecer. Bate-se as natas e junta-se o leite condensado. Reduz-se os pessegos com a varinha mágica e junta-se ao preparado e por fim a gelatina. Forra-se uma forma de mola com pelicula transparente. Põe-se em camadas alternadas o creme/uma camada de bolacha passada na calda do pessego e assim sucessivamente acabando com creme. Vai ao frigorifico a solidificar e quando se desenforma por cima decora-se com um pouco de pure de pessego.
(Receita escrita tal e qual a Juanita me deu, para qualquer dúvida.... o melhor é perguntar a ela ;)