SEI TÃO POUCO ACERCA DE QUEM CÁ PASSA... DEIXEM-ME LÁ UMA DICA ;)

As Receitas da Tia Gio

Comer bem é um dos prazeres que eu não dispenso por nada deste mundo... Vou tentar ensinar-vos o pouco que sei e conto aprender imenso com vocês...

31 maio 2013

Costeletas a Salsicheiro



Tenho o hábito quando quero fazer alguma receita nova de ver pelo menos 3 na internet, depois tiro daqui e dali o que acho melhor e crio a minha própria receita. O mesmo aconteceu com este prato, vi várias receitas, todas diferentes e então a minha saiu assim.

Ingredientes:

4 costeletas de porco
1 colher de sopa de banha
2 colheres de sopa de Becel culinária
1 colher de sopa de farinha
1 copo de vinho branco
1 copo de caldo de carne
meia lata de cogumelos laminados
6 salsichas de lata
alho picado
pickles


Preparação:
Temperar as costeletas com sal e pimenta, alourar na banha e tira-las para um prato. Escorrer o molho da banha e derreter depois a Becel com o alho picado, polvilhar com a farinha e envolver bem. Misturar depois o vinho e o caldo de carne, deixar ferver e engrossar um pouco. Depois juntar as salsichas e os cogumelos. Juntam-se as costeletas e deixam-se acabar de cozinhar. Acompanhei com puré de batata e pickles cortadinhos por cima das costeletas (dá um sabor optimo e desenjoativo).





23 maio 2013

Pavê de Ananás





O fim de semana passado andava a folhear revistas de Culinária à procura de novas ideias e decidi experimentar uma receita que vi na Mulher Moderna na Cozinha nº 112, o meu marido que só gosta de bolos secos e sem recheios e não é grande amante de doces ficou fã, adorou e comeu a vontadinha metade sozinho. O doce era de pêssego mas como ele os poucos doces que come têm que levar ananás eu substitui. Mas acho que com pêssego, ou com manga ou com morangos também deve ficar muito bom.

Ingredientes:
8 folhas de gelatina incolor
2 dl de natas
1 lata de leite condensado
2 iogurtes de aroma de ananás
1 lata pequena de ananás
200 gr. de bolacha Maria
leite e algumas bolachas trituradas

Preparação:

Demolhe a gelatina em água fria. Forre uma forma tipo bolo inglês, com película aderente e reserve-a Bata as natas bem firmes, e à parte, junte o leite condensado com os iogurtes.

Retire três colheres de sopa do preparado anterior, adicione a gelatina escorrida e leve ao lume, em banho Maria até se dissolver por completo (eu levei ao micro ondas). Junte ao preparado inicial e misture bem. Reserve.

Escorra o ananás e corte em pedaçinhos pequenos. Passe as bolachas por leite e disponha uma camada no fundo da forma, já forrada. Verta um pouco do preparado cremoso e cubra com pedaços de ananás.

Preencha a forma alternando as camadas. Leve ao congelador durante algumas horas, até ficar bem firme. Desenforme, elimine a película aderente e polvilhe com a bolacha triturada.



11 maio 2013

Arroz de potas



Nada de especial. Tinha uma embalagem com tentaculos de pota perdida no congelador e achei que estava na altura de fazer qualquer coisa com ela. Depois às vezes "a malta" inventa... quando corre mal, vai para o cano, quando corre bem, bloga-se ;) E este até correu bem.

Ingredientes:

1 embalagem de tentáculos de pota
uma chavena e meia de arroz vaporizado
(a minha medida de chavena é de 250 ml)
cebola e alho picados
azeite
um punhado de bacon em cubos
sal e piri-piri
vinho branco
molho Bolonhesa

Preparação:

Como há dois anos houve um acidente aqui em casa, a panela de pressão rebentou e queimou uma mão toda ao meu marido, foi para o lixo e ainda não se comprou outra.

Daí que comecei por cozer as potas á parte durante cerca de 1 hora e meia em água e sal, que eram tentaculos bastante grandes e rijos. Depois tirei da agua e cortei tudo em pedacinhos pequenos.


Depois fiz um refogado com cebola, alho, pimenta, azeite e o bacon. Quando juntei o vinho branco lembrei-me de juntar polpa de tomate e nesse caso a agua levaria dissolvido um cubo de caldo de peixe ou marisco, mas não tinha polpa de tomate. Assim, lembrei-me de abrir um frasco de molho bolonhesa e substitui a polpa e o cubo por uma porção generosa daquela pasta.
Envolvi bem o refogado e juntei-lhe os pedaços da pota. Rectifiquei o sal. Em seguida juntei um litro de água a ferver, juntei o arroz, deixei levantar fervura e deixer cozer cerca de 10 minutos. Assim que ficou pronto servi de imediato.